terça-feira, 6 de novembro de 2018

30 maneiras de despertar sua congregação para o engajamento global em missões



Em seu relatório de fim de ano de 2010, o Grupo Barna identificou seis padrões principais emergindo entre os cristãos na América (padrões que podem ser identificados, em maior ou menor grau, também entre cristãos brasileiros):

1. A Igreja Cristã está se tornando menos alfabetizada teologicamente.
2. Os cristãos estão se tornando mais entrincheirados em suas casas e comunidades, e menos orientados para o exterior.
3. Um número crescente de pessoas está menos interessado em princípios espirituais e mais desejoso de aprender soluções pragmáticas para a vida.
4. Entre os cristãos, o interesse em participar da ação comunitária está aumentando.
5. A insistência pós-moderna na tolerância está conquistando a Igreja Cristã.
6. A influência do cristianismo na cultura e nas vidas individuais é praticamente invisível.
Muito poderia ser dito (e feito!) Sobre cada um destes padrões. Em resposta ao afastamento do envolvimento com evangelização e missões, como mencionado no segundo ponto, montamos esta lista de 30 passos práticos para que os líderes da igreja possam fazer com que suas congregações permaneçam vivas e fiéis à missão global de Deus.

* * * * *

1) Coloque um grande mapa em algum ponto bem visível de sua igreja e peça a cada pessoa que assine seu nome ou iniciais sobre uma nação pela qual eles desejam se comprometer a orar regularmente.
2) Receba um missionário visitante por uma semana ou duas de ministério e interação com sua igreja.
3) Provenha orçamento para os seus pastores fazerem pelo menos uma viagem ministerial transcultural a cada ano.
4) Identifique um bom livro e/ou guia de estudo sobre missões globais e utilize nos estudos de seus pequenos grupos e em toda a igreja.
5) Quando sua igreja enviar uma equipe intercultural de curto ou longo prazo, pendure uma bandeira nacional ou estadual representando esse país ou estado no salão da igreja como um lembrete para orar a cada semana pela equipe ou missionário.
6) Divulgue para os membros uma lista de livros de missões recomendados e biografias, e tenha os livros disponíveis na igreja.
7) Incorpore orações específicas em prol do mundo em seus serviços de adoração, e encoraje a formação de um grupo de oração comprometido com a missão na igreja (talvez baseado no livro Operation World - Ore pelas Nações).
8) Visite seus missionários. Faça com que as pessoas os ajudem a se mudar e envie regularmente equipes para ministrar a seus missionários e potencialmente ajudar no trabalho. Os missionários são geralmente mais inclinados a compartilhar necessidades com um membro da igreja visitante do que com seu supervisor de campo.
9) Quando indivíduos ou equipes forem em missão, providenciar um canal para que eles relatem sobre o seu trabalho para toda a igreja.
10) Estenda a mão para os estrangeiros em sua própria cidade. Convide-os para jantar, peça para eles virem organizar um almoço para a congregação compartilhar os alimentos de sua nação. Ajude-os a melhorar seu português, a conseguir emprego, ensine-os a usar o transporte público em sua área, etc.
11) Dedique uma semana do ano para missões em sua igreja, incorporando coisas como mensagens especiais de oradores convidados, jantares étnicos, documentários sobre nações e grupos ou povos específicos, testemunhos missionários e reuniões de oração por missões.
12) Envie grupos para conferências locais e nacionais focadas em missões.
13) Aproveite os eventos globais. Quando uma crise acontece, apresente-a em seus cultos, ore, levante dinheiro, envie uma equipe. Como pastor, antes dos cultos da igreja, verifique sempre sites jornalísticos para ver se há notícias do mundo que a congregação deve saber e para a qual devem orar naquele mesmo dia.
14) Esforce-se por distinguir claramente entre missões e evangelismo, e continuamente pregar a necessidade de ambos.
15) Desenvolva uma declaração sucinta e memorável da visão da sua igreja para missões, e publique-a em um lugar visível na sua igreja. Imprima semanalmente no boletim da igreja até que todos a possam dizer da memória.
16) Adote um grupo particular de pessoas, como uma igreja, e dirija orações, doações e serviços específicos em direção a eles. Estabelecer uma meta anual de patrocinar pelo menos um livro teológico na linguagem do grupo alvo, a cada ano.
17) Estabeleça metas com sua igreja sobre como se envolver em missões (quantas pessoas enviar este ano, quanto dinheiro investir, etc.).
18) Preserve (ou estabeleça!) o cargo de Pastor de Missões na sua igreja.
19) Contrate um estagiário para sua igreja de outro país. Enquanto eles só podem vir com um visto de estudante, sua igreja ainda pode oferecer um honorário ou estipêndio por despesas.
20) Participar ou hospedar o curso Perspectivas; ou, como alternativa, direcione seu pessoal para outros cursos, como o da Missão Kairós etc.
21) Incorporar livros e atividades em seu programa de jovens que promovam uma mentalidade sobre missão transcultural.
22) Compre a granel e venda a baixo custo mapas mundiais que os membros de sua igreja possam afixar nas paredes em suas casas.
23) Distribuir guias para os programas “30 Dias de Oração” sobre temas de outros países ou importantes religiões (como ESTA para os muçulmanos, ESTA para a Igreja Sofredora, ESTA para povos indígenas brasileiros, ESTA para sertanejos, etc.).
24) Observe o Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida, que acontece a cada ano e é patrocinado pelas missões Portas Abertas (que também realiza o Domingo da Igreja Perseguida) e A Voz dos Mártires.
25) Ofereça cursos de línguas estrangeiras à sua congregação que correspondam às línguas das pessoas que você deseja alcançar, seja no local ou no exterior.
26) Ter uma seção semanal em seu boletim da igreja com citações de missões (como as presentes nesta Antologia), estatísticas sobre nações e grupos de pessoas, atualizações dos missionários, etc.
27) Pregue uma mensagem biográfica sobre a vida de um grande missionário (ou leve o seu povo a, de alguma outra maneira, ouvir sua história). Veja AQUI uma ampla listagem com dezenas de livros biográficos de missionários publicados em português.
28) Inclua links no site da sua igreja para outros sites relacionados a missões.
29) Incentive sua congregação a se inscrever em uma fonte de notícias mundiais (como uma revista, jornal ou podcast), ou para tornar um desses sites de notícias a página inicial do seu navegador da Internet. 
30) Participar, ou talvez mesmo hospedar, eventos e jantares organizados por organizações missionárias na sua região (AMTB, Semipa, Kairós etc.).

Texto de John Piper / Mark Struck. Website: desiringGod.org
Traduzido e adaptado por Veredas Missionárias.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...